Aqui podes falar e discutir tudo sobre esta banda. Se és fã dos Tokio Hotel, não percas mais tempo e regista-te no fórum!Passa pela secção das petições! Ajuda-nos a trazê-los de volta! ;D
 
InícioPortalGaleriaCalendárioFAQBuscarRegistrar-seGruposConectar-se

Compartilhe | 
 

 "Hallo?" (Chapter 6 is FINALLY up! *w*)

Ir em baixo 
AutorMensagem
Nexitah Kaulitz
Admin
Admin
avatar

Número de Mensagens : 551
Idade : 26
Localização : Coração do Bill.
Data de inscrição : 06/01/2008

MensagemAssunto: "Hallo?" (Chapter 6 is FINALLY up! *w*)   Ter Ago 26, 2008 8:48 pm

Olá a todos outra vez ^^
Bem digamos que eu decidi fazer uma fic assim mais violenta e..."coisa"....
Esta fic já tem outra versão, em inglês, e pode ser encontrada em www.tokiohotelfiction.com o meu nome lá é "Dark Eco" ^^
Por agora deixo-vos com o 1º capítulo que ainda não tem nada de mais...
Conto com os vossos comentários ;D





Capítulo 1 - Filmes e Chamadas telefónicas



Os 4 membros da banda estavam no conforto (ou desconforto…) do seu hotel, à espera de Gustav para verem um filme. Era exactamente o que precisavam depois de um longo dia cheio de entrevistas e tudo mais….O Filme que o baterista trouxera era um daqueles que podem ser encontrados em qualquer hotel…Gustav reparou que este não tinha absolutamente nada escrito na capa ou no interior e por isso pensou que seria mais excitante assistirem a algo em surpresa…

“ A sério Gustav…não consigo perceber qual o interesse de ver uma coisa que não fazes a mais pequena ideia do que é…” Bill disse, com os seus braços cruzados à frente do peito e um ar um pouco aborrecido.

“Ah Cala-te Bill! Vai ser fixe!” Gustav respondeu ao seu amigo de cabelos negros enquanto inseria o filme no leitor de DVD e esperava por um sinal da máquina. Alguns segundos passaram e mesmo assim…nada…

“Vês?! Era por isso que não tinha nada escrito ou desenhado! Está estragado! Excelente escolha Gustav!” Tom, que estava sentado no sofá ao lado de Georg, disse sarcasticamente. Assim que estas palavras foram ditas, uma imagem estranha aparece no ecrã da TV. O suave e relaxante barulho da água podia ser ouvido. Um enorme nevoeiro cobria a paisagem. De repente essa imagem foi reposta com outra. Desta vez, o que aparecia no ecrã era um quarto branco totalmente vazio com apenas uma cadeira no meio, mais nada…

“Q…Que raio foi aquilo?” Perguntou Georg com ar de estúpido na cara, ainda a olhar para o ecrã. Mais uma vez, outra imagem apareceu…parecia ser um poço e o som da água ouvia-se novamente.

“Ok…O que é isto afinal? Algum tipo de documentário para gente retardada? Por amor de Deus…” Bill levanta-se do sofá e prepara-se para sair quando a imagem na TV desaparece quase instantaneamente e torna-se numa espécie de fundo azul.

“Bem…parece que é tudo…desculpem malta…” Gustav lamentou-se pelo seu mau gosto no que diz respeito a filmes e dirigiu-se para o sofá para se sentar ao pé dos seus companheiros. Passados alguns segundos, o telefone toca.

Bill, que no preciso momento estava em pé decidiu atender.

“Hallo?” Perguntou, para quem quer que fosse que estivesse do outro lado do telefone.

“………………….” Não houve qualquer resposta…

“Hallo? Hallo?” Tentou, novamente.

“…Encontrei-te…” Desta vez uma voz arrepiante respondeu do outro lado. Bill estava a começar a ficar chateado com esta brincadeira…

“Epá mas quem fala?” Perguntou, com uma voz extremamente aborrecida.

“…Em breve…atormentar-te-hei…Bill…” Ao ouvir o seu nome, Bill sente um grande arrepio na espinha…Como é que AQUILO sabia o seu nome?

“QUEM FALA?!!” Perguntou novamente, desta vez gritando e mais assustado que nunca. Pelos vistos a sua pergunta não lhe valeu de nada…a voz, tinha desligado…Bill apenas olhava para a parede branca do quarto de hotel à sua frente como se tivesse visto um monstro, ainda com o auscultador do telefone na sua mão direita…

“Bill?” Perguntou Tom, com medo do que se tinha passado ali, naquele preciso momento, com o seu irmão. Contudo, não obteve resposta…preocupado, levanta-se lentamente do sofá onde estava sentado e começa a ir na direcção do seu gémeo…Georg e Gustav apenas ficaram ali a olhar, sem dizer uma única palavra que fosse. Ambos sabiam que algo não estava bem…

“Bill?” Perguntou Tom novamente, mas o seu irmão continuava em silêncio.

“Bill?” Desta vez, Tom tocou no ombro de Bill, na esperanç de receber uma reacção.

“VAI-TE EMBORA!!!!!” Guinchou Bill, batendo na mão de Tom como se este o tivesse magoado. Começou a tremer…

“Hey! Sou só eu! O que se passou mano?”

“Tomi…” O mais novo começou enquanto grandes lágrimas se formavam nos seus olhos.

“Oh Billa…porque estás a chorar? O que aconteceu aqui?” Uma pausa “Quem era ao telefone? Uma fã maluca outra vez?” Riu-se. Bill apenas se limitou a olhar para ele com os olhos muito abertos…um sinal de que não estava contente com o que ouvira.

“Achas que estaria neste estado se tivesse sido uma fã Tom? ACHAS?!” Disse, irritado

“Eu estava só a tentar acalmar-te…” Com isto, Tom aproxima-se do seu irmão mais novo e abraça-o, numa outra tentativa de o tentar acalmar.

“Pois bem, falhaste!” Nisto, Bill liberta-se bruscamente do abraço do seu gémeo, levanta-se e começa a andar na direcção do seu quarto de hotel. “E Gustav…Vê-te livre dessa merda de filme já!” As suas palavras, ditas daquela maneira, eram uma ordem…não um pedido.

“Mas…não é nosso…” O baterista respondeu, de cabeça baixa.

“Não me interessa se não é nosso!! Vê-te livre disso já!” Disse o jovem cantor, o mais alto que pode. Bill estava a passar-se com aquele filme e chamada telefónica sem saber porquê! Nem sequer sabia porque raio estava tão assustado com aquele telefonema! Muito provavelmente era só o Andreas a pregar-lhe uma das suas partidas mais uma vez! Mas…não podia ser…aquela não era a sua voz…Bill não reconhecera aquela voz…O pânico instalava-se cada vez mais dentro de si à medida que o tempo passava…

“Bill, se eu der cabo desta coisa vamos estar em sarilhos, não podemos fazer isso…” Gustav disse, da maneira mais calma que pode para dessa maneira, acalmar também o seu amigo em puro stress.

“Ai podemos sim! Podemos e eu vou prová-lo!!” Bill entrou na sala onde estava antes, tirou o filme da drive de DVD, atirou-o ao chão e esmagou-o num milhão de pedacinhos com uma forte pisadela. “Pronto…feito…” Passando a mão pelo seu longo cabelo espetado, num autêntico estado de nervos, virou-se e desta vez fechou-se mesmo no seu quarto de hotel, batendo a porta com força.

Os outros apenas ficaram ali a olhar para a bagunça que Bill fizera…Mas que diabo se passava com ele afinal?

“Mas o que é que ele tem man?!” Georg perguntou, completamente à nora, agarrando no pacote de pipocas.

“Ele passou-se completamente!” Disse Gustav, espantado com tudo o que se passara,

“Eu vou falar com ele…” O guitarrista disse enquanto se dirigia ao quarto de hotel de Bill.

“É melhor teres cuidado! Parece que ele…está com o período…ou…com uma depressão pós parto?” Disse o Georg na brincadeira, o que fez com que apanhasse com um valente pontapé de Gustav.

Tom bateu à porta do quarto do seu irmão mas não obtinha resposta…
Bateu outra vez…nada.

“Bill…deixa-me entrar…” Silêncio. Nem um único som se ouvia do outro lado da porta.

“Vá lá…já chega de birras…” Depois de bater outra vez, Tom podia jurar que tinha ouvido um choro vindo do quarto de Bill.

“Billa? Billa o que se passa?” Por esta altura o choro era ouvido com mais clareza.

“Eu não queria fazer isto mas tu não e dás outra hipótese…” Tom foi a correr e atirou todo o peso do seu corpo para cima da porta, abrindo-a num instante. O que ele viu dentro do quarto era algo que ele nunca, NUNCA, esperou ver na sua vida…era horrível…chocante…



heheheh...agora só posto mais quando comentarem, toma toma xD
(kidding xD)

_________________

Someday...you'll be mine.


Última edição por Nexitah Kaulitz em Ter Dez 30, 2008 11:58 am, editado 4 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://tokiohoteltugas.forumeiros.com
Mägui&Bill <3
Mod
Mod
avatar

Número de Mensagens : 295
Idade : 23
Localização : Na cama do Bill 8D
Data de inscrição : 18/08/2008

MensagemAssunto: Re: "Hallo?" (Chapter 6 is FINALLY up! *w*)   Ter Ago 26, 2008 8:52 pm

OMG tu ja sabes oq axo desta fic n ja ? ^^

_________________

I can't keep my eyes off you :')
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nexitah Kaulitz
Admin
Admin
avatar

Número de Mensagens : 551
Idade : 26
Localização : Coração do Bill.
Data de inscrição : 06/01/2008

MensagemAssunto: Re: "Hallo?" (Chapter 6 is FINALLY up! *w*)   Qua Ago 27, 2008 1:50 am

Esta tarde estive a traduzir o 2º capítulo e...aqui está ele Very Happy
Por agora ainda não tem nada assim...que possa ferir a mentalidade de pessoas mais sensíveis...
Mas já começa a avançar...
Quando essas partes chegarem eu aviso sim?
Bem...espero que gostem...mais uma vez, conto com os vossos comentários ;D
Küsse <3

P.S.: Muito Obrigada Magui! ^^
Pow! És especial! *.*


Capítulo 2 - Um cenário marcante



“Oh meu Deus, Oh meu Deus…” A sua respiração ofegante corria mais depressa e mais depressa com cada segundo que passava. O seu coração estava numa autêntica correria e uma dolorosa náusea começava a marcar presença no seu estômago assim que Tom olha em volta do cenário macabro que via à frente dos seus olhos. Mesmo em frente à cama de Bill, estava um cadáver feminino, preso pelo pescoço com uma corda que, misteriosamente, se encontrava agarrada ao tecto daquele quarto. O corpo…ou melhor, cadáver tinha manchas de sangue por toda a parte, e, o mais perturbador de tudo, algo que captou realmente a atenção do gémeo mais velho…a mulher morta não tinha olhos…alguém lhos tinha tirado…

“Oh Céus… Oh Céus…” O pânico estava a apoderar-se de Tom.
Nunca na vida tinha ele presenciado algo como isto…

O Bill estava ali…sentado no chão, com os joelhos ao peito, a sua face suja com maquilhagem negra, e húmida com lágrimas que ainda escapavam dos seus olhos castanhos, soluçando sempre de vez em quando.

O Coração de Tom batia tão depressa e o seu corpo tremia com tanta força que mais parecia que o jovem guitarrista estava a ter uma crise de convulsões.

Sons começam a ser ouvidos. Sons estranhos…Sons arrepiantes…Nisto, Tom ouve Bill soltar um grito alto e agudo. Olhando rapidamente para o lado, o jovem de rastas avista um homem estranho, alto e musculado, aproximando-se do seu irmão…este olhava-o de alto abaixo como se o estivesse a descobrir. Tinha correntes atadas aos seus pulsos, tal como um prisioneiro…vestia uma camisola de alças branca ensanguentada, e carregava, na sua mão direita, uma faca de grandes dimensões.
Tom não se conseguia mexer, ou ter qualquer reacção possível…aquilo era demais…simplesmente de mais…
Os olhos de Bill pareciam gritar por ajuda visto que parecia ter perdido a capacidade para falar naquele momento. Tudo o que conseguia fazer era gritar, tremer e chorar. O homem deixa cair a sua faca para o chão e rapidamente agarra no rosto perfeito de Bill com uma das suas grandes e sujas mãos. Começou por olhar tentadamente para o cantor, aproximando a sua horrenda cara mais e mais, até que estivesse apenas a uns míseros milímetros de distância. As lágrimas do adolescente de cabelos negros caíam agora mais livremente e os seu choro tornava-se mais alto. Quando ninguém estava à espera, Bill sente uma coisa áspera e molhada a passar pelo seu pescoço delicado. Soltou outro grito…definitivamente o mais alto de todos. Estava horripilado…enojado…ele só queria sair dali o mais depressa possível antes que algo ainda pior acontecesse. Aquele psicopata estava a lambê-lo!

Ouvir o grito desesperado do seu irmão, fez com que Tom ‘voltasse aos seus sentidos’…apenas para ver aquele horrível cenário novamente…O cadáver da mulher ainda continuava pendurado pelo pescoço, e o homem estranho continuava ali….desta vez lambendo o pescoço de Bill ao mesmo tempo que lhe tirava o casaco de cabedal cor-de-laranja. Bill tentava combater o homem mais
alto e musculado sem qualquer sucesso. Tentou pontapeá-lo, mordê-lo e arranhá-lo mas não valia a pena o esforço…era demasiado forte para ele…O seu casaco já estava caído no chão, e com isto, Bill sente algo a tentar desapertar-lhe o cinto. Os seus olhos abrem-se quase instantaneamente, horror e medo obviamente implantados neles.

“TOMI!!!” Chamou, o mais alto que pode, com esperança que o seu irmão ouvisse. Tom levanta-se rapidamente do chão daquele quarto e começa a andar na direcção do homem que ‘violava’ o frágil corpo do seu gémeo. O medo e confusão anteriormente presentes nele, transformaram-se em fúria num abrir e fechar de olhos. Tom já não sentia qualquer tipo de medo na presença do cenário
à sua frente.

“SAI DE CIMA DO MEU IRMÃO JÁ, SEU PSICOPATA DO CARA***!!”

De repente, Bill deixa de sentir a língua do homem no seu pescoço e os seus braços a agarrá-lo, e começa a enterrar as suas unhas nas suas próprias mãos, assustado com o que poderia estar para vir. Soltou outro grito, lágrimas começam a cair novamente assim que sente um corpo encostar-se com força ao seu e uns braços a abraçá-lo com força…apenas para perceber que quem estava ali agora era Tom.
O homem já lá não estava…e o cadáver tinha desaparecido…as manchas de sangue não eram vistas em qualquer parte do quarto…

“O que aconteceu?” Perguntou Bill, soluçando. A sua maquilhagem negra completamente espalhada pelo seu rosto maravilhoso…

“Shhh…acabou tudo agora…não te preocupes…está tudo bem…está tudo bem…” Disse Tom, tentando acalmar o irmão com estas palavras reconfortantes…talvez também estivesse a tentar acalmar-se a si próprio…

“Tomi…eu pensei que..eu pensei que ele ia…”

“Não Bill! Nem termines essa frase! Eu NUNCA deixaria que alguém te magoasse dessa maneira! Estás-me a ouvir? Disse Tom, baixando-se para plantar um suave beijo na cabeça do seu gémeo. Alguém bate à porta com força. Bill liberta-se do carinho de Tom com um sorriso fraco e levanta-se para ir abrir a porta.

“Mas que merda foi essa?! Vocês estão bem?!” Perguntou Georg, preocupado, enquanto entrava no quarto, com Gustav atrás de si.

“Ya! Nós ouvimo-vos gritar! Estiveram a discutir outra vez?!” Perguntou Gustav, igualmente preocupado.

“Não…nem por isso…” Respondeu Tom, sentado na cama, olhando para baixo.

“O que foi então? E não me venham com o típico ‘nada’ porque essa já não pega meus amigos!” Insistiu o baixista, com os olhos muito abertos. Ele próprio, quase que tremia com os nervos e preocupação. Aproximou-se de Bill e reparou na sua cara húmida e suja com maquilhagem. Um sinal de que o vocalista tinha estado a chorar recentemente.

“Aconteceu mesmo alguma coisa…” Confirmou Georg, através da observação que tinha feito a Bill. Bill apenas cruzou os braços e encostou-se à parede. Uma expressão desconhecida no seu rosto.

“Se vos contássemos…nunca acreditariam em nós…”






Está feito o 2º capítulo ;D
Peço imensa desculpa pelo que se está a passar na fic...se coiso...digam-me que eu paro de postar...^^''

_________________

Someday...you'll be mine.


Última edição por Nexitah Kaulitz em Qua Ago 27, 2008 2:07 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://tokiohoteltugas.forumeiros.com
Bill'zinha<3
Admin
Admin
avatar

Número de Mensagens : 80
Idade : 25
Localização : Abraçada ao Bill
Data de inscrição : 17/08/2008

MensagemAssunto: Re: "Hallo?" (Chapter 6 is FINALLY up! *w*)   Qua Ago 27, 2008 5:23 am

Tbm ja sbs o que acho *____*
E estou a espera do proximo rápidoooooo
*________*
tens mesmo jeito para isto gott *_*

_________________
29.06.2008 Für immer heilig sein



"...There's nothing i wouldn't do
To feel your touch again...""


TH Fan Addicted sice 2004 (L'

16.09.2004 | 02.12.2007 |16.03.2008 |01.06.2008 | 29.06.2008 : Forever Sacred
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mägui&Bill <3
Mod
Mod
avatar

Número de Mensagens : 295
Idade : 23
Localização : Na cama do Bill 8D
Data de inscrição : 18/08/2008

MensagemAssunto: Re: "Hallo?" (Chapter 6 is FINALLY up! *w*)   Qua Ago 27, 2008 2:36 pm

OMG tu tb es tao espexial pa mim *.*
OMG n pares de postar tu tens meme jeito *.*
Amo,te Perfeixao <3 Embarassed

_________________

I can't keep my eyes off you :')
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nexitah Kaulitz
Admin
Admin
avatar

Número de Mensagens : 551
Idade : 26
Localização : Coração do Bill.
Data de inscrição : 06/01/2008

MensagemAssunto: Re: "Hallo?" (Chapter 6 is FINALLY up! *w*)   Qua Ago 27, 2008 5:32 pm

magui.kaulitz escreveu:
OMG tu tb es tao espexial pa mim *.*
OMG n pares de postar tu tens meme jeito *.*
Amo,te Perfeixao <3 Embarassed

Ai Danke Danke Danke Danke!!! x'3
Eu não paro de postar então ^^
Agora tenho é de traduzir o 3º capítulo para português ;D
E eu a ti, perfeição mais perfeita u.u <33

_________________

Someday...you'll be mine.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://tokiohoteltugas.forumeiros.com
Nexitah Kaulitz
Admin
Admin
avatar

Número de Mensagens : 551
Idade : 26
Localização : Coração do Bill.
Data de inscrição : 06/01/2008

MensagemAssunto: Re: "Hallo?" (Chapter 6 is FINALLY up! *w*)   Sex Ago 29, 2008 7:46 pm

Mais uma vês passei parte da tarde a traduzir este capítulo e agora está pronto a ser postado ;D
Conto com os vossos comentários ^^

AVISO: Este capítulo contém conteúdo pornográfico! Digamos que irá haver uma pequena descrição de uma violação (ai scheisse como eu detesto a palavra >.<), o que pode ferir a mente de certos membros, por isso é altamente desaconcelhada a leitura deste capítulo a pessoas mais sensíveis! (Confesso que até a mim me custou escrever aquilo =|)



Capítulo 3 - Terá sido mesmo um pesadelo?



Bill tinha as suas costas contra a parede daquele quarto de hotel arrepiante, sendo empurrado por, não um, mas três altos e musculados homens. Não podia fazer nada para os afastar de si novamente, e, desta vez, Tom não se encontrava no local para o salvar…queria gritar mas não conseguia. Um dos homens tinha uma das suas mãos sobre a sua boca, prevenindo o jovem cantor de o fazer. Estava a começar a desesperar…as suas esperanças estavam perdidas…tudo o que estava apto a fazer era ficar quieto e esperar que tudo acontecesse…Dois dos homens presentes agarravam-no enquanto o outro lhe tirava as roupas que trazia, deixando-o apenas com a sua t-shirt e as suas botas. Sentia-se tão exposto…era horrível…
O homem aproximava-se cada vez mais de Bill, já agarrando na sua própria erecção. Bill quase vomitou ao ver aquilo. Fechando os seus olhos, o cantor solta um grito de dor assim que sente algo a penetrá-lo. O homem não tinha qualquer tipo de misericórdia nos seus movimentos. Limitava-se a mover-se depressa e com brutalidade…Bill jurava que o estava a partir em dois.
A dor era tão intensa…quase pior do que a própria morte. Enquanto abusava do jovem, o homem sugava o seu pescoço, deixando marcas por toda a parte. Pequenas gotas de sangue começam a cair para o chão, devido aos maus-tratos que Bill recebia, e este começa a perder a consciência…não aguentava mais…”Tomi…ajuda-me…Tom…”

“TOM!!”

“Bill! BILL!! Acorda!” Tentou Tom enquanto abanava o corpo ainda meio adormecido do seu irmão. Mesmo a dormir, este tinha lágrimas a escorrerem-lhe pelo rosto.

“Quero sair daqui…” Disse Bill, agora totalmente acordado, os seus olhos muito abertos e ainda cheios de lágrimas. Levantou-se da cama o mais depressa que pôde e começou a vestir-se.

“Bill…o que estás a fazer? Ainda só são…” Fez uma pausa para olhar para o relógio digital da mesinha de cabeceira. “…3 da manhã…”

“Estou-me a cagar para as 3 da manhã! Eu quero é sair daqui!” Disse Bill enquanto vestia umas jeans. As lágrimas ainda lhe escorriam pelo rosto muito rapidamente, o que começava a preocupar Tom. Mas que raio se passava com o seu irmãozinho? Estaria ele ainda assustado com o que se passara na noite anterior? Bem, era compreensível … mas porque queria ele abandonar o hotel àquelas horas da noite? Que teria ele sonhado afinal?

“Tomi, veste-te…” Disse o mais novo, atirando ao guitarrista um par de calças e uma t-shirt larga.

“Mas Billa…ainda é tão…”

“TOM! VESTE-TE JÁ!!!” Sabia que não poderia vencer ao seu gémeo, por isso, Tom vestiu-se rapidamente e seguiu-o para fora do quarto.

Tom não podia acreditar…Estaria o Bill a passar-se outra vez? Por causa de um pesadelo?

“Oh vá lá! O que estás a fazer?” Perguntou Tom, um pouco aborrecido. Obteve a sua resposta quando Bill entra no quarto de David sem qualquer tipo de aviso, acordando o seu manager.

“Mas que…Bill?” Perguntou o manager, confuso.

“Vamos embora…” Bill vai até ao seu manager e começa a puxá-lo, tentando fazer com que se levantasse da cama. Tom começava a ficar MESMO preocupado…parecia que o seu irmãozinho estava desesperado…

“O quê? Bill, nós não vamos a lado nenhum! Volta para a cama sim? Amanhã vais ter um concerto e tens de estar no teu melhor. “Disse David, simplesmente voltando as costas ao vocalista e tentando adormecer novamente.

“David, eu… eu não me sinto bem aqui…” Bill tremia e começara a chorar outra vez. David repara na preocupação e medo presentes no rosto perfeito do cantor. Que se estava a passar ali?

“Que aconteceu Bill? Porque estás tão nervoso? Tão…assustado?” Bill não respondia. Sabia que David não acreditaria nele se lhe contasse o que acontecera naquele quarto. E sentia-se demasiado nervoso e envergonhado para lhe contar todo o pesadelo que tivera.

“Sabes que podes confiar em mim…sou o teu manager…sou como um segundo pai para ti…”

“Eu…eu sei, mas…”

“Mas o quê? Conta-me catano! Só te quero ajudar…” Tom continuava na entrada do quarto a ver tudo o que se passava. A sua preocupação tornava-se maior à medida que o tempo passava…era insuportável ver o seu gémeo naquele estado de nervos miserável.

“Então vamos sair daqui…” Lágrimas começam a formar-se nos seus olhos novamente.

“Mas Bill…este é o sítio mais perto de…”

“DAVID! EU QUERO SAUR DAQUI JÁ!” David ficara chocado com a reacção de Bill. Algo não estava bem…

“Mas o que é que se passa com...espera…” O manager começa a aproximar-se do vocalista e repara numas estranhas marcas no seu pescoço. Chupões? Que queria aquilo dizer? Uma nova namorada? Pois…talvez tivessem acabado e esta seria a razão para o seu comportamento estranho. Mas para ter a certeza…David resolve perguntar-lhe…não fosse estar ele enganado.

“Bill, o que é isso?”

“Isso o quê?” Perguntou, confuso.

“Essas marcas roxas no teu pescoço…” Ao ouvir David dizer estas palavras, Bill imediatamente começa a tremer, e, num segundo, correu para a casa de banho para ver o seu pescoço no espelho. E ali estavam…as marcas roxas de que David falava…Oh Céus…aquele pesadelo não poderia tê-lo afectado fisicamente. Era impossível! Um grito soou e tanto Tom como David correm para a casa-de-banho, apenas para ver Bill a olhar para o seu reflexo no espelho com uma expressão de medo na face.

“COMO É QUE ISTO ESTÁ AQUI?!” Guinchou Bill enquanto chorava e tremia por todos os lados.

“Oh, é normal Bill…coisas dessas acontecem…” Disse David com um sorriso parvo na cara.

“NÃO NÃO É! ISTO NÃO É DEFINITIVAMENTE NORMAL!” Acabando de dizer isto, Bill anda um pouco, e, quando o faz sente uma insuportável dor na sua parte traseira, soltando um enorme grito de sofrimento.

“Billa, o que se passa?!” Perguntou Tom, extremamente preocupado.

“Dói tanto Tomi! Dói tanto!” Reparando no sofrimento do irmão, o guitarrista aproxima-se e quando lhe ia perguntar algo mais, repara numa coisa que o perturbara profundamente.

“B…Bill…estás a sangrar…” Começou, vendo a parte de trás das suas calças, completamente ensanguentada. Tom nem sequer tivera tempo de acabar a frase em condições…o seu irmão estava já desmaiado no chão. David, corre para ele o mais depressa que os seus sentidos deixavam e tentou abaná-lo, na esperança de receber uma reacção. Tom tinha apenas ficado ali, a olhar e a chorar silenciosamente…demasiado chocado para reagir…

“ALGUÉM AJUDE POR FAVOR!!”




Done! u.u
Ai bolas vocês devem achar que sou doentia por ter escrito isto T_T

_________________

Someday...you'll be mine.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://tokiohoteltugas.forumeiros.com
Mägui&Bill <3
Mod
Mod
avatar

Número de Mensagens : 295
Idade : 23
Localização : Na cama do Bill 8D
Data de inscrição : 18/08/2008

MensagemAssunto: Re: "Hallo?" (Chapter 6 is FINALLY up! *w*)   Sex Ago 29, 2008 8:00 pm

Ai bolas vocês devem achar que sou doentia por ter escrito isto T.T
Oh claro q nao ^^
Mais sim ?
Amo,te Embarassed

_________________

I can't keep my eyes off you :')
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nexitah Kaulitz
Admin
Admin
avatar

Número de Mensagens : 551
Idade : 26
Localização : Coração do Bill.
Data de inscrição : 06/01/2008

MensagemAssunto: Re: "Hallo?" (Chapter 6 is FINALLY up! *w*)   Sex Set 05, 2008 11:26 pm

Peço imensa desculpa por ter demorado tanto tempo para postar este capítulo!
Mas...digamos que estava com um pouco de perguiça para traduzir textos...^^''
Bem o que importa é que está pronto!
Neste capítulo não haverá nada chocante, ao contrário do anterior...
Sempre que os capítulos contenham cenas chocantes eu meto um aviso.
Mais uma vez...os comentários são bem vindos e eu conto com eles ;D




Capítulo 4 - "És meu..."


Era um quarto pequeno…um pouco iluminado de mais. Paredes brancas, mobília branca, lençóis brancos. Por que raio não se lembrava ele disto?

“Onde estou?!” Perguntou o cantor de cabelos negros a si próprio, nervoso. Tentou sentar-se na cama para puder observar melhor o local e, quando o fez, solta um grito assim que sente uma dor horrível no rabo. Que teria acontecido? Porque estava ele magoado? Não, melhor ainda…Porque estava ele magoado…naquele sítio?! Olhou em volta. O local onde se encontrava era sem dúvida um quarto de hospital.

“Porque estou eu aqui?!” Ao dizer isto, a porta para o seu quarto abre-se e um médico entra. Uma expressão seria plantada no seu rosto.

“Muito bem…parece que finalmente acordaste.” Disse, simplesmente. “Como te sentes?” Perguntou, desta vez sorrindo docemente.

“Como é suposto eu sentir-me? Nem sequer sei a razão de eu estar aqui!” Respondeu Bill um pouco confuso com tudo.

“Então…não te lembras de nada…” Fez-se silêncio “De qualquer das maneiras, vamos ter de te fazer alguns exames, para termos certezas do que se passa contigo, está bem?”

“O que se passou comigo?” Perguntou Bill. O que ouvia não o estava a agradar…nada mesmo…

“Diz-me Bill, és um cantor famoso certo? Deve ser fantástico, ser conhecido por todo o mundo…”

“Por favor, NÃO mude de assunto!” Disse, irritado e desesperado para saber a verdade. “Eu fiz-lhe uma pergunta…” Ouvindo estas palavras saírem da boca do jovem adolescente, o médico solta um suspiro e prepara-se para olhar firmemente para o par de olhos castanhos à sua frente.

“Bem…Tudo o que nos disseram foi que…começaste a sangrar do teu…tu sabes…”

“Do meu cu?!”

“Sim…e que depois…desmaiaste…sabes, isto é um caso um quanto estranho. Sangrar assim do nada, não é normal.” Uma pausa. “Bill, eu preciso que me contes a verdade…”

“Acerca do quê?”

“Acerca do que se passou contigo…”

“Mas eu não faço ideia do que aconteceu, aquilo foi…”

“Foste vítima de violação?” Bill sente os seus olhos a ficarem húmidos.

“O quê?!” Estava a começar a hiperventilar.

“Perguntei se foste vítima de violação…” Perguntou o médico novamente. O pânico começa a apoderar-se de Bill, assim que as memórias daquele pesadelo tão real voltam.

“Bill o que se passa?!” Perguntou o médico, bastante preocupado com o jovem. Bill tinha lágrimas a escorrerem-lhe pelo rosto mais uma vez, e os seus braços tremiam como nunca.

“Chame o meu Irmão…” Disse, no meio de soluços.

“Mas…”

“Por favor!” Ouvindo o desespero na voz do vocalista, o homem sai do quarto para procurar Tom.

“Tom Kaulitz?” Perguntou o médico.

“Sim doutor?”

“O teu irmão deseja ver-te…segue-me por favor. Ele está bastante perturbado com alguma coisa…” Perturbado? Oh céus, outra vez não…


O-O-O-O


Os G’s encontravam-se fora do hospital com Jost. Não suportavam estar dentro de um…fazia-os ainda mais nervosos. Gustav andava para trás e para a frente, a pensar em tudo o que se passara anteriormente…estava assustado e nem sequer tinha presenciado o sucedido.

“Vocês acham que ele vai ficar bem?” Perguntou, com preocupação na sua voz.

“Mas que raio de pergunta foi essa Gustav?! Ele é forte…e aquilo não foi nada…só uma perda de sangue…uma perda de sangue esquisita como a merda…” Disse David, tentando soar calmo ao principio mas falhando completamente no final. Ele também estava nervoso…e não podia negá-lo. “Eu…Eu acho que vou para dentro para beber um café…estou mesmo a precisar…” Com isto, ele levanta-se e entra dentro do hospital.

“Achas que ele já acordou?” Perguntou Georg, depois de um bom momento de silêncio.

“Não sei…mas espero que sim…estou tão…” Gustav é rapidamente interrompido assim que o seu telemóvel começa a tocar ao mesmo tempo que o de Georg. Era uma mensagem.

“És meu…” Leu Gustav.

“Mas que merda Gustav?!”

“O quê?”

“A minha diz o mesmo…” Passado um bocado, os dois desatam a rir que nem doidos.

“Ahahahah…conheces o número que te mandou isso?” Perguntou Gustav, ainda a rir.

“Ahahahah…não…” De repente, os risos param.

“…fo*a-se…”

“Um tarado?”

“Não faço a mais pequena ideia! Mas isto é estranho!” Diz Gustav, olhando estupidamente para o número de telefone. “666?”


O-O-O-O


“Oh Pessoal! O médico acabou de me dizer que o Bill acordou há relativamente pouco tempo…não se está a sentir muito bem ainda…” Gritou David, ao sair do Hospital, apenas para perceber que os G’s já não se encontravam ali.

“Rapazes?” Tentou novamente. Não obteve resposta.

“Onde é que aqueles dois se meteram?” Começou a andar, e passado um tempo, reparou que estava a pisar algo. Olhou para baixo e viu um telemóvel…o Telemóvel do Georg…Agarrou no objecto caído no chão e viu que no pequeno ecrã estava escrita uma mensagem.

“És meu…”





Espero que tenham gostado! =D
Agora dêem-me mais um tempinho para traduzir o próximo capítulo ^^''
x'D

_________________

Someday...you'll be mine.


Última edição por Nexitah Kaulitz em Seg Dez 29, 2008 4:00 pm, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://tokiohoteltugas.forumeiros.com
Bill'zinha<3
Admin
Admin
avatar

Número de Mensagens : 80
Idade : 25
Localização : Abraçada ao Bill
Data de inscrição : 17/08/2008

MensagemAssunto: Re: "Hallo?" (Chapter 6 is FINALLY up! *w*)   Sab Set 06, 2008 3:01 am

OMG o David tambem?
Ai credo e o Bill >.<
Ai jasus quero mais MAIS
Mas

Ai MAIS

fico ansiosa pelo proximo Very Happy

_________________
29.06.2008 Für immer heilig sein



"...There's nothing i wouldn't do
To feel your touch again...""


TH Fan Addicted sice 2004 (L'

16.09.2004 | 02.12.2007 |16.03.2008 |01.06.2008 | 29.06.2008 : Forever Sacred
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
*~Kleon~*
Numa estrada distinta
Numa estrada distinta
avatar

Número de Mensagens : 89
Idade : 29
Localização : Back to Munich
Data de inscrição : 17/05/2008

MensagemAssunto: Re: "Hallo?" (Chapter 6 is FINALLY up! *w*)   Sab Set 13, 2008 3:46 pm

EISHHHHH!!!! O_________O
O Biiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiillllllllllllllllllllll!! T_________T
Bitch do Homem!! Havia de morrer!!
Eishhh ouve...se o apanho...vai haver scheisse! ò___ó

OMFG! O Georg e o Gustav?!
:O
Meu Deus...T___T

TU POSTA-ME MAIS!!
Estou a adorar istoooooo!!! *.*
Este tipo de terror é buéda excitante! >.<
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nexitah Kaulitz
Admin
Admin
avatar

Número de Mensagens : 551
Idade : 26
Localização : Coração do Bill.
Data de inscrição : 06/01/2008

MensagemAssunto: Re: "Hallo?" (Chapter 6 is FINALLY up! *w*)   Seg Dez 29, 2008 2:30 am

Hello everybody! ;D
Peço desculpa por não ter postado um capítulo durante tanto tempo...é que com o começo das aulas comecei a ficar sem tempo e sem paciência para muito...Finalmente arranjei um tempinho e acabei por traduzir este cap. ^^
Espero que gostem e comentem ;D



Capítulo 5 - A Curiosidade Matou o Gato


“O QUÊ?!” Exclamou Bill, não acreditando no que os seus próprios ouvidos lhe transmitiam. “Ah mas é que nem pensar nisso é bom! Nem se atreva a aproximar-se de mim com essa coisa! Posso estar debilitado e sem força suficiente para o impedir de o fazer, mas essa coisa não vai passear no meu traseiro não!” Se os olhares matassem, o médico estaria a morrer muito lentamente devido ao olhar que Bill lhe mandava.

“Então conta-me a verdade Bill!” Exigiu o doutor. Os olhos de Bill começaram a humedecer e as suas mãos a tremer novamente ao ouvir as palavras frias do homem à sua frente.

“Mas eu não fui…não fui…”

“Violado?” Ouvir esta horrível palavra, apenas fez com que Bill se sentisse ainda pior.

“PARE! Por favor não mencione isso outra vez…Por favor pare!” O Jovem cantor agarra nos seus longos cabelos negros e começa a chorar e a gritar, desesperando.

“Shhh…Hey…Já passou Bill…acalma-te maninho…” Disse Tom, aproximando-se de Bill e dando-lhe um suave e reconfortante abraço, numa tentativa de acalmá-lo. Olhando para o médico, Tom abana a cabeça em afirmação e sai do quarto para que o médico pudesse examinar o irmão.

“Tomi? Tomi, onde vais? Não me deixes aqui por favor…” Demasiado tarde…Tom já tinha saído.

“Estás mais calmo Bill?” Perguntou o médico, simpático. Bill apenas abana a cabeça a dizer que sim.

“Óptimo…agora abre as pernas por favor…”

“M…mas eu não quero…”

“Bill vá lá…eu só te quero ajudar!”

“E como é que esse pau me vai, supostamente, ajudar?

O médico suspira e ri. “Não é o pau…sou eu. Eu só preciso do…pau…para me dar uma ajudinha percebes? Para ver se estás ferido…Penso que não queres os meus dedos aí, ou queres?”

Bill fez uma cara de enjoo. O que o médico lhe dissera era deveras … nojento…

“Não…”


O-O-O-O-O


“Hey Tom! Por acaso não viste o Georg e o Gustav por aí?” Perguntou David. Tom podia ver um fiozinho de preocupação nos olhos do seu manager.

“Eles não estavam lá fora contigo?”

“Estavam mas…agora já não…”

“Não te preocupes…de certeza absoluta que andam a brincar às escondidas…” Disse Tom, começando a rir da sua própria piada.

“Eu não estou tão certo quanto isso, sabes?” Dito isto, David faz uma pausa para tirar o telemóvel de Georg de dentro do seu bolso. “Toma…dá uma olhadela nisso…” Entrega-o a Tom.

Tom apenas ficou ali feito parvo a olhar para o telefone em miniatura. “Sim, é um telemóvel. E depois?”

“É o telemóvel do Georg, Tom…agora lê a mensagem de texto no ecrã…” Tom fez como lhe foi pedido, e leu a mensagem.

“ ‘És meu’…” Uma pausa. “Quem lhe enviou isto?”

“Não sei…não reparei no número…”

“ ‘666…’ “ Leu Tom em voz alta. “666?! Merda! Esse é o número do Diabo!”

“Disso não sabia eu!” Exclamou David, tirando o Telemóvel das mãos de Tom e olhando para o número de telefone.

“Tens razão…talvez tenha sido algum tarado do demónio a enviar a mensagem e que se tenha enganado no número…não achas Tom?”

“Ya…deve ter sido…” Respondeu Tom, limpando o suor que se formava na sua testa.

“Tom, tu estás bem?” Perguntou David, obviamente preocupado.

“Sim, sim eu estou bem…eu estou bem...está é um bocadinho quente aqui…já venho…” E com isto, começa a andar na direcção de uma das casas de banho. Bem…andar? Ele não estava bem a andar… estava a arrastar-se pelo chão.

“Mas que raio se passa com toda a gente?!” Perguntou David a si mesmo.



O-O-O-O


“Pronto já terminei…foi assim tão mau?”

“Mau?! Foi HORRIVEL! DASS!! Eu nunca pensei que me pudesse sentir tão exposto num hospital…”

O médico ri-se. “Foi só para te ajudar.” De repente os risos param. “Contudo…as notícias que te tenho para dar não são boas.” Bill começa a preocupar-se. O quê? Más notícias?!

“Tu sabes que uma examinação como esta não engana ninguém e…Bill…tu foste de facto abusado…e não tentes negá-lo!”

Como? Como é que isto estava a acontecer? Foi tudo um pesadelo! Um pesadelo! Nada aconteceu na realidade!

“Mas isso é impossível…” Começou a chorar outra vez. “Quando lhe disse que não tinha sido violado, não estava a mentir!”

“Que feridas são essas então? Enfiaste um vibrador aí dentro com tanta força que te magoaste dessa maneira miserável?!”

“EU NÃO SOU NENHUM TARADO SEXUAL! RETIRE O QUE DISSE JÁ!” Gritou Bill. Fúria e indignação na sua voz. Mais uma vez, não acreditava no que ouvia.

“Então o que foi?! Hã?! O quê Bill?!”

“Um pesadelo…”


O-O-O-O


Georg acorda numa cadeira, no meio de um quarto escuro. Cheirava horrivelmente e o seu aspecto era igualmente horrível…Sinistro, sádico…Ele não sabia o que pensar daquilo tudo. Tentou levantar-se mas não conseguia. Tinha os seus braços e pernas atados à cadeira onde estava sentado. A cadeira, por sua vez, estava presa ao chão. Não se conseguia mover de maneira alguma.

“Olá? E…Está aí alguém?” Chamou. A sua voz estava tremida. De repente começou a ouvir barulhos. Olha em volta e para sua grande surpresa vê Gustav. Os seus braços e pernas estavam também atados, mas não a uma cadeira. Estava atado a uma cama de metal.

“Gustav! Oh meu Deus…Quem nos fez isto?” Gustav tentou responder ao seu amigo, mas tudo o que saía eram sons abafados. Julgando pelos sons, Georg deduziu que Gustav devia ter uma mordaça ou algo do género a tapar-lhe a boca. Olhando melhor, ali estava ela…a mordaça.

“Jesus Cristo…onde raios estamos nós?”


O-O-O-O


Tom estava assustado. Estava todo suado e a sua visão estava enublada. Sentia-se fraco e era quase impossível andar correctamente. Inclinou-se sobre o lavatório da casa de banho daquele hospital e lavou a cara.

“Muito melhor…” Disse, sentando-se no chão com as costas encostadas à parede. Passados uns segundos, um som peganhento soou. Ouvindo este som, Tom sente-se curioso. Levantou-se do chão e começou a andar na direcção do som. Vinha da arrecadação da casa de banho. Abriu a porta da arrecadação e desceu as escadas. Uma casa de banho com uma arrecadação? Estranho…o Som torna-se mais audível…Tom sabia que estava perto. Quando finalmente chegou ao sítio pretendido avistou um…ovo…um GRANDE, esverdeado e peganhento…ovo…e o som vinha de dentro dele. Havia algo a mexer-se dentro daquele ovo.

“Coisa estranha…” Tocou-lhe com o dedo e de repente o som deixou de ser ouvido.

“Será que matei o bicho?” A sua pergunta obteve resposta quando ninguém esperava. Uma coisa estranha saltou de dentro do ovo e atacou-lhe a cara.
Por fim, Tom perdeu os sentidos.

_________________

Someday...you'll be mine.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://tokiohoteltugas.forumeiros.com
Jessika kaulitz
Recém Chegado
Recém Chegado
avatar

Número de Mensagens : 15
Data de inscrição : 27/12/2008

MensagemAssunto: Re: "Hallo?" (Chapter 6 is FINALLY up! *w*)   Seg Dez 29, 2008 3:15 am

Nossa, gostei muito da fic, você leva mesmo jeito para escrever sobre coisas aterrorizantes...
Shocked
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mägui&Bill <3
Mod
Mod
avatar

Número de Mensagens : 295
Idade : 23
Localização : Na cama do Bill 8D
Data de inscrição : 18/08/2008

MensagemAssunto: Re: "Hallo?" (Chapter 6 is FINALLY up! *w*)   Seg Dez 29, 2008 4:05 pm

Nexitahhhhh coitinua mulher
Fogo amo amo amo isto *_*

_________________

I can't keep my eyes off you :')
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
*~Kleon~*
Numa estrada distinta
Numa estrada distinta
avatar

Número de Mensagens : 89
Idade : 29
Localização : Back to Munich
Data de inscrição : 17/05/2008

MensagemAssunto: Re: "Hallo?" (Chapter 6 is FINALLY up! *w*)   Seg Dez 29, 2008 4:39 pm

“Ah mas é que nem pensar nisso é bom! Nem se atreva a aproximar-se de mim com essa coisa! Posso estar debilitado e sem força suficiente para o impedir de o fazer, mas essa coisa não vai passear no meu traseiro não!”

Ahahahahahahahahah XDDDDDDD
Oh Nexitah, o que eu me ri nesta parte XD XD


Gégé?
Gugu? ;---;

NEEEIN!!! ;---;


TOMIIIIII WAKE THE FUCK UP!!!! T______T

Maiiiiiiis >.<
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nexitah Kaulitz
Admin
Admin
avatar

Número de Mensagens : 551
Idade : 26
Localização : Coração do Bill.
Data de inscrição : 06/01/2008

MensagemAssunto: Re: "Hallo?" (Chapter 6 is FINALLY up! *w*)   Ter Dez 30, 2008 11:57 am

Olá gente ^^
Já lá vai um tempinho que não traduzo capítulos...pois bem, guess what?
O 6º Capítulo, está finalmente traduzido e pronto a ser postado! :'D
Mais uma vez peço desculpa pela demora...
Espero que gostem ^^''
Comentários bem-vindos sim? ;D



Capítulo 6 - Bater com a língua nos dentes



“Por favor Bill!! Pára de fingir!! Isso não vai mudar os resultados dos exames!” Gritou o doutor para o cantor, sentindo-se já a desesperar.

“Mas eu não estou a fingir coisa nenhuma! É a verdade! Eu juro-lhe!”

“Oh por amor de Deus! Toda a gente neste mundo sabe que uma pessoa não pode sair magoada de um simples sonho!!”

“Não foi um sonho! Foi um pesadelo…”

“Seja o que for Bill! Seja o que for…Foste sexualmente abusado e nada pode mudar o que aconteceu! São assuntos do passado, agora vamos ter em conta o presente e esquecer isso, ponto.” O Doutor estava claramente a enlouquecer com tudo o que se estava a passar com o seu paciente. Afinal de contas, não havia hipótese de este ter sofrido danos físicos enquanto sonhava. Ou havia?

“Como posso eu esquecer isso?! Aquele acontecimento, pesadelo ou não, marcou-me para sempre! Agora diga-me…era capaz de esquecer algo deste género se estivesse no meu lugar?!” Agora Bill estava a perder a paciência. Como é que este homem foi capaz de lhe dizer para simplesmente esquecer tudo o que se passou, tão cedo? O Doutor permanecia em silêncio.

“Era ou não?!” Perguntou Bill novamente, o tom da sua voz aumentando um pouco.

“Não, não era…” Uma pausa. “Mas tu…tu Bill…tens de conseguir esquecer isso. Tens de ser forte! Não podes deixar que este tipo de coisas interfira na tua vida!” Ao ouvir isto, Bill olha seriamente para os olhos do Doutor. “Afinal de contas, és uma figura famosa. Não podes deixar que acontecimentos como este te atormentem para o resto da vida, isso destruiria a tua carreira, acredita em mim.” Bill parou para pensar um pouco. O Doutor estava absolutamente certo. Mas como era ele suposto esquecer-se daquele pesadelo? Não podia…não conseguia…aquilo simplesmente não lhe queria sair da cabeça…

“Estou a tentar…” Bill disse de repente, chorando.

“A tentar o quê?”

“A tentar esquecer tudo o que se passou! Mas não consigo…As memórias estão sempre a voltar…não me deixam em paz…” Ao dizer isto, Bill puxa pelos seus cabelos enquanto chora, tentando fazer com que todas as imagens horríveis que via, desaparecessem de vez.

“Calma…tudo desaparecerá à medida que o tempo passa…” Disse o Doutor, tentando acalmar o jovem.

“Não me parece…”



O-O-O-O

Georg estava a entrar em pânico. Gustav e ele encontravam-se sozinhos naquela sala sinistra, amarrados a diferentes objectos, esperando o sujeito que os levara para aquele lugar.

“TIREM-ME DAQUI ! POR FAVOR!” Gritou Georg. De repente, o som de uma porta a ser aberta soou e um homem com correntes à volta dos seus pulsos entra na sala.
Gustav guinchava mais alto à medida que o sujeito se aproximava. Georg não aguentava mais. Não conseguia aguentar o facto de estar a assistir à possível tortura de um dos seus melhores amigos.

“Hey, tu!” Chamou. O homem olhou imediatamente com um olhar zangado.

“Sim, estou a falar contigo, ò brutamontes!” Disse. “Porque não o deixas em paz?! Ele não é o único neste quarto sabias?!” Nisto, o homem começa a andar na direcção de uma mesa repleta de objectos de tortura. Agarrou em algo que se parecia com uma serra eléctrica e vira-se para Georg.

“Merda…”


O-O-O-O


“David! Oh graças a Deus que te encontro!” Disse uma mulher loira, na casa dos 40 anos, ao entrar no hospital. “Porque não me telefonaste antes? Sabes bem que também sou sua manager! Tenho direito a saber tudo o que se passa com os meus meninos…

“Peço imensas desculpas Dunja…Eu…eu estava demasiado nervoso…”

“Como está o Bill?”

“Ele…está um pouco perturbado…”

“Perturbado?! Oh céus! O que se passou com ele?” Perguntou Dunja, um tanto preocupada.

“Ainda não sabemos…O médico que ficou encarregue dele ainda não nos deu informações…”

“Por que será que eu penso que isto não são boas notícias?” Disse ela.

“E não é tudo…” Pausa. “Eu acredito que os G’s desapareceram…”


O-O-O-O


“Oh que dor de cabeça…” Tentou dizer Tom enquanto se levantava do chão sujo daquela velha e aparentemente esquecida arrecadação de casa de banho. “Que aconteceu?” Olhou em volta e deu de caras com um ovo já aberto à sua frente. “Oh não…” Dando uma olhadela para o seu lado direito, vê que, no chão está uma espécie de aranha/escorpião. “Mas que?...espera…agora lembro-me…” Com isto, Tom levanta-se e sai apressadamente daquele sítio horrível. Pensamentos como ‘Que coisa era aquela?’, ‘Será que me atacou?’ e “Estarei bem?’ percorriam a sua mente. Foi aí que se lembrou…tinha de voltar para junto de Bill.


O-O-O-O


“Quando é que posso sair do hospital?” Perguntou Bill.

“Quando te sentires suficientemente bem para isso…”

“Bem…eu penso que…” É interrompido por alguém a bater à porta.

“Posso entrar?” Era Tom.

“Tomi!” Guinchou Bill ao ver o seu irmão gémeo entrar no quarto. “Onde raios estiveste tu?! Quase senti que estava a ser violado outra vez!” Disse, arrependendo-se de seguida das suas palavras…Tom não sabia o que lhe acontecera…

“Oh vá lá Bill…eu só fui…que disseste?!


_________________

Someday...you'll be mine.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://tokiohoteltugas.forumeiros.com
Mägui&Bill <3
Mod
Mod
avatar

Número de Mensagens : 295
Idade : 23
Localização : Na cama do Bill 8D
Data de inscrição : 18/08/2008

MensagemAssunto: Re: "Hallo?" (Chapter 6 is FINALLY up! *w*)   Ter Dez 30, 2008 5:22 pm

Ai eu juro que estou viciada na tua fic *-*
Amo Amo Amo *.*

_________________

I can't keep my eyes off you :')
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
*~Kleon~*
Numa estrada distinta
Numa estrada distinta
avatar

Número de Mensagens : 89
Idade : 29
Localização : Back to Munich
Data de inscrição : 17/05/2008

MensagemAssunto: Re: "Hallo?" (Chapter 6 is FINALLY up! *w*)   Sab Jan 03, 2009 6:45 pm

Eu estava a ver que nunca mais avançavas com isto! Ò_Ó
Estive uma eternidade à espera que postasses este capítulo, oh porca!
XD

Possas como tu escreves bem Gémea...

Eu Juro que esse médico me dá cabo do sistema nervoso <.<
Agora convenceu o Bill a pensar que foi mesmo violado...-.-'


OH MY GOD!!
Georg RUN AWAY!! O__________O
You have a psycho in the room!
x'D

Ohhh Tomi Tomi...mas que raio te vai acontecer? :S

POSSAS OH CARAI BILL!! MESMO LINGUARUDO!! Ò.Ó


Nexitah...MAIS! E desta vez mais depressa se faz favor u.u
x'D
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Veh kaulitz *.*
Curioso
Curioso
avatar

Número de Mensagens : 44
Idade : 29
Localização : Terra do Nunca *.*
Data de inscrição : 10/01/2009

MensagemAssunto: Re: "Hallo?" (Chapter 6 is FINALLY up! *w*)   Sab Jan 10, 2009 4:19 am

Nossa, eu estou amando a sua fic, adoro ler ela ... Posta mas plissss
Eu fico muito ansiosa pra saber o que vai acontecer ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: "Hallo?" (Chapter 6 is FINALLY up! *w*)   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
"Hallo?" (Chapter 6 is FINALLY up! *w*)
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Adam "Nergal" Darski (Behemoth) diagnosticado com leucemia
» Vertigo Steps - "surface / light" sai em Abril pela ESW, EP "sublight" em Março; teaser online!
» Cd "Michael" é ouro no Brasil
» Overkill - "Necroshine" 1999
» Adam Dutkiewicz, George "Corpsgrinder" Fisher e Shannon Lucas formam nova banda

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Tokio Hotel Tugas :: Entertenimento e outros :: Fanfics-
Ir para: