Aqui podes falar e discutir tudo sobre esta banda. Se és fã dos Tokio Hotel, não percas mais tempo e regista-te no fórum!Passa pela secção das petições! Ajuda-nos a trazê-los de volta! ;D
 
InícioPortalGaleriaCalendárioFAQBuscarRegistrar-seGruposConectar-se

Compartilhe | 
 

 ONE-SHOT "Tudo o que quero é que sejas feliz"

Ir em baixo 
AutorMensagem
Nexitah Kaulitz
Admin
Admin
avatar

Número de Mensagens : 551
Idade : 26
Localização : Coração do Bill.
Data de inscrição : 06/01/2008

MensagemAssunto: ONE-SHOT "Tudo o que quero é que sejas feliz"   Seg Jul 07, 2008 1:33 am

Ok pessoal...esta é a minha 1ª one-shot...
Antes de mais nada...ISTO ESTÁ ENORME!!! XD
Senti-me inspirada e pronto escrevi esta m**da cagada --'
De qualquer das maneiras...espero que gostem xDDDDDD

5/08/2008 - Lisboa, Portugal

A lua brilhava no céu escuro daquela noite e as estrelas cintilavam mais do que nunca. Era Verão...Dia 5 de Agosto...o dia do meu aniversário...do meu 16º aniversário...Todos os que me eram importantes estavam ali, naquele pequeno recinto onde fazíamos a melhor festa de sempre...risos, sorrisos abraços e mais foram trocados naquele dia...dançámos, cantámos e brincámos até não puder mais...Não havia espaço suficiente dentro de mim para guardar tanta alegria junta...

"Opah Vanessa! 'Tás a precisar de um namorado man!" Dizia a minha melhor amiga, Diana, sempre com aquele sorriso sincero e amigável nos seus lábios...tudo o que fiz ao ouvir este comentário foi corar. Nunca na minha vida tinha tido namorado ou dado um simples beijo.
"Vamos a um bar! Siiiimmmmmmmmmmmm?! Vá lá! O Mauro leva-nos!" Perguntou ela fazendo a típica carinha de cachorrinho abandonado. É claro que não consegui recusar aquele pedido. Agarrámos no pessoal e partimos para a noite.
Na rua já fazia frio, por isso fizemos os possíveis para chegar ao carro o mais depressa que podíamos.
Durante a viagem fez-se silêncio até que...
"Ouve! Eu não te estou a levar para aquele bar só porque quero que arranjes namorado!" Riu-se.
"Tudo o que eu quero é que te divirtas neste dia tão especial...no teu 16º aniversário...que sejas feliz..." Desta vez a sua expressão passou a ser calma e serena, o seu sorriso nunca deixando os seus lábios. Pegou nas minhas mãos e disse: "Estou aqui para tudo! Mesmo que estejamos afastadas...longe uma da outra...o facto de seres a minha melhor amiga não muda nunca sim? Apenas quero que...sejas a pessoa mais feliz do mundo..." O simples facto daquele sorriso estar quase sempre presente nela fazia-me feliz. Após estas palavras, veio um grito de Mauro, uma travagem violenta...e um embate...

Volto aos meus sentidos. Estava deitada numa cama de hospital sem saber o porquê...O que teria acontecido?
A minha maninha entra pelo quarto a dentro, abraçando-me como se o mundo fosse acabar naquele momento. Por detrás dela, vieram os meus pais...Ambos com expressões de dor e tristeza nos seus rostos...

"O que se passa?! Porque é que eu estou aqui?! Onde está a Diana?!" Perguntei, nervosismo óbvio na minha voz.
"Filha..." Disse o meu pai, aproximando-se e ajoelhando-se ao lado da cama. Os seus olhos pareciam estar carregados de lágrimas e a sua voz estava tremida...
A minha mãe que não conseguira conter as lágrimas, estava agora sentada numa cadeira a chorar silenciosamente...
"...Vocês tiveram um acidente..." Ao ouvir estas palavras começo a entrar em pânico novamente...
" A diana...filhota...a Diana morreu..." Não...Não podia ser verdade...só podiam estar a pregar uma partida...é isso! Estavam a brincar comigo!
"Pai...pára...não tem...piada nenhuma..." Dizia eu, as lágrimas a escorrerem-me pelo rosto ainda tentando pensar que tudo aquilo não passara de uma piada de mau gosto...
"A Diana...a Diana foi para o céu mana..." Aqui percebi que tudo era verdade, uma criança de apenas 9 anos não seria capaz de alinhar em tal negócio...Abracei-me a ela e deixei que as minhas lágrimas saíssem...estaria a sonhar? Não...este pensamento foi apenas um pretexto para puder atenuar tal dor...uma dor que parecia não querer desaparecer...tinha perdido a minha melhor amiga para sempre...Diana...estava morta...



30/06/2008 - Leipzig, Alemanha

Depois da morte de Diana, decidi afastar-me de tudo e de todos...começar a minha vida de novo, pois já não fazia qualquer sentido...Emigrei para a Alemanha...O país onde ela nasceu e foi enterrada para sempre num caixão...fora do alcance de todos os que a amavam...
"Nem sabes a falta que me fazes..." Dizia eu em frente à sua lápide, na esperança que me estivesse a ouvir...Depois de alguns minutos de silêncio, reparei que não estava sozinha...perto de mim estava um rapaz...uma cara conhecida...

"Bill? Bill Kaulitz?" Ao ouvir o seu nome, o rapaz olha rapidamente para mim, a sua maquilhagem negra espalhada pela sua face perfeita devido às lágrimas que recentemente teria deixado escapar.
"Sim?" Respondeu, com uma voz fraca que não reconheci...
"P...Porque estás aqui?" Perguntei. Pergunta estúpida...o que é que uma pessoa faz num cemitério?
"O...O meu melhor amigo...morreu no mês passado..." Disse, fraqueza ainda evidente na sua voz.
"A minha melhor amiga também morreu...é por isso que estou aqui..." Fiz uma pausa... "Será que te posso perguntar como é que...ele morreu?" Bill Sorriu.
"Foi atropelado...propositadamente..."
"Lamento..."
" E...a tua amiga?"
"...Tivemos um acidente de carro...no meu aniversário...ela e o namorado morreram...eu fui a única que pessoa sobreviveu..." Fez-se silêncio.
"Sabes? Há aqui algo que não está a bater certo...ou se calhar até está a bater certo de mais..." comecei.
"Acreditas no destino?" Fiquei estupefacta ao ouvir aquilo...era exactamente o que eu queria dizer...
"De certa forma...sim..." Respondi.
"Então penso que não foi por acaso que nos encontrámos aqui..." Disse Bill, oferecendo-me o sorriso mais doce e triste alguma vez visto. E por alguma razão, achei que ele estava certo...não era apenas um mero acaso o facto de nos termos encontrado ali.


29/08/2008 - Paris, França

"Billaaaaaaaa!! CARAI!!! Onde é que meteste o raio do meu boné vermelho?!" Perguntou Tom, obviamente stressado.
"Tipo que eu é que sei...--' eu não toco nessas cenas ja?"
"Whatev...--'"
"Hallooooooooooooo!!! Leute!!! Despachem-se!! As fãs estão a ficar doidas!! Até já há ali algumas em soutien ouve!! O.o " Disse eu enquanto olhava pela janela do nosso quarto de hotel.
"Vamos lá!" Depois disto, Bill sai porta fora com Tom ao seu lado.
"Espera lá!" Parei-o. "Não pense que te metes no meio delas todas sem antes receberes uma demonstração de afecto da minha parte tá?" Puxei-o e dei-lhe um beijo rápido nos lábios. Sim...eu e o Bill tínhamos começado a namorar à cerca de um mês. Houve algo mágico que nos uniu quase instantaneamente. Apesar de ambos sentirmos a falta de alguém importante não podíamos estar mais felizes...


25/12/2008 - Magdeburgo, Alemanha

"Oh Pschtó! Essa é minha?! É para mim?!" Disse Tom arrancando o presente das mãos do Irmão e rindo-se de seguida. Abrindo o presente desesperadamente, Tom atira o papel de embrulho no chão e abre a caixa que estava coberta com este. Fica boquiaberto ao ver o conteúdo.
"Er...M...Tipo...MAAAAAAAN!!!! A DISCOGRAFIA COMPLETA DO SAMY DELUXE? É QUE NEM NA NET ENCONTREI!!!" Ao ver o seu presente desata a rir e a saltar como uma criança. "E ouve...Eu amo-te mano!!" Risos. Como podem imaginar, levamos o resto daquela noite a abrir presentes, o Bill, ofereceu-me o presente mais doce (e caro xD) que alguém pode imaginar. Colocou uma caixinha preta à minha frente e pediu-me que a abrisse. Lá dentro estava um lindo colar de prata com pequenos diamantes pendurados que aparentavam ser letras, letras essas que formavam uma frase bastante familiar "Für immer Heilig" coloquei-o ao meu pescoço e beijei o Bill apaixonadamente...agora era a minha vez de oferecer o meu presente...respirei fundo e encarei o Bill de mãos vazias...sabia que a hora tinha chegado.
"Bill...sei que talvez possa parecer cedo mas...pelo menos a meu ver...bem...o que eu quero dizer é que me sinto preparada para isto..." Comecei por dizer, mais nervosa que nunca.
"Oh Vanessa! Por muito quanto sei, a vossa primeira vez já aconteceu certo? Por isso se queres sexo é agarrares nele e...coiso!!" Interrompeu Tom, rindo-se.
"Tom...não estás a ajudar...^^'" Tentei avisá-lo.
"Amor, eu oiço-te, diz-me o que é..." Disse Bill, sorrindo para mim.
"Bill eu..." Pausei e respirei fundo novamente. "Eu...Bill eu estou grávida..." Disse finalmente, reparando no sorriso radiante que se formava nos lábios dele. Aquela foi sem dúvida a melhor prenda que nos poderia ter sido dada.


01/09/2009 - Berlim, Alemanha

Encontravamo-nos no Cadillac do Tom, em direcção a um bar para celebrar o aniversário dos gémeos...sim, podia estar grávida e quase a ter a criança mas também tinha direito a divertir-me.
Enquanto Tom conduzia, eu e o Bill encontravamo-nos na parte de trás do carro, em silêncio.
"Bill...não importa o que acontecer, eu vou estar sempre do teu lado...a apoiar-te em tudo o que for preciso...mesmo que por algum motivo nos tenhamos de separar ou até mesmo ficar fora do alcance um do outro para sempre eu quero que sigas em frente e que te lembres de todos os bons momentos que passamos juntos...tudo o que eu quero é que sejas feliz..." Não sei o que se passou comigo naquele preciso momento, mas ao dizer aquilo enchi-me de lágrimas e abracei-o uma ultima vez...antes da tragédia acontecer de novo...

Desta vez era Bill quem se encontrava na cama de hospital com o seu irmã ao seu lado a contar-lhe tudo o que se passara...

"Billa...Bill, mano...a Vanessa...a Vanessa Morreu..."




*FIM*

_________________

Someday...you'll be mine.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://tokiohoteltugas.forumeiros.com
Inês
Recém Chegado
Recém Chegado
avatar

Número de Mensagens : 1
Localização : Algures por ai (=
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: ONE-SHOT "Tudo o que quero é que sejas feliz"   Qui Jul 17, 2008 6:14 pm

Adorei x)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
ONE-SHOT "Tudo o que quero é que sejas feliz"
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Bdi21 e beq700, quero esses pedais, mas eles "casam"?
» Lobão: "“Falta p******** nos músicos de hoje"
» "Vivendo de arte no Brasil .. e em guerra!"
» Bild.de - Bill Kaulitz: "É um milagre que eu ainda esteja vivo"
» Entrevista com Tom Kaulitz "ele fala que quer muito ir ao Brasil"

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Tokio Hotel Tugas :: Entertenimento e outros :: One-Shots-
Ir para: